Artigos

Nova abordagem de rastreamento com ressonância magnética de mamas.


A equipe de Dra Olopade da Universidade de Chicago e o coordenador do Centro de Genética e Prevenção do Câncer do Grupo CAM - Dr Rodrigo Guindalini - publicaram o primeiro relato de uma coorte prospectiva de mulheres de alto risco, genomicamente estratificadas, submetidas a rastreamento com ressonância magnética de mamas a cada 6 meses em conjunto com mamografia anual. Esta nova abordagem de rastreamento teve um bom desempenho, especialmente para mulheres com alto risco genético, pois detectou cânceres invasivos ≤ 1cm e sem envolvimento dos linfonodos axilares, efetivamente evitando tumores de intervalo. Portanto, com a estratificação ideal do risco genômico, o rastreamento intensivo usando um protocolo inovador de imagem de ressonância magnética bianual tem o potencial de detectar câncer de mama em estágio inicial, especialmente em mulheres com risco de câncer de mama associado a BRCA1.

http://clincancerres.aacrjournals.org/content/clincanres/early/2018/08/28/1078-0432.CCR-18-0200.full.pdf

Nosso endereço

Rua Cláudio Manoel da Costa, 58
40.150-360 - Canela - Salvador - BA

contato@grupocam.com.br