CAM Mais Mulher

Ginecologia Regenerativa: O que é?

O processo de envelhecimento é algo natural e inerente ao ser humano. Causado por diversos fatores, intrínsecos e extrínsecos, esse processo gera a perda de funcionalidades e formas de diferentes partes do corpo, e na região íntima não é diferente. É aí que a clínica da mulher surge com a ginecologia regenerativa.

Ginecologia regenerativa funcional e estética é o nome dado ao conjunto de procedimentos que buscam devolver a estética à área íntima da mulher.

O objetivo principal da ginecologia regenerativa é rejuvenescer, restaurar a anatomia do assoalho pélvico, estimular a sexualidade e harmonizar a região, recuperando a autoestima e a confiança da mulher.

Esses procedimentos atuam em toda área genital feminina, desde a região vulvar, incluindo os pequenos e grandes lábios e clitóris, até a vagina, nas paredes vaginais e na área perineal.

Ginecologia Regenerativa: Profissionais qualificados.

Existem ginecologistas qualificados que atuam no campo da ginecologia regenerativa.

Na Clínica CAM você irá encontrar a equipe de profissionais capacitados e em constante atualização que procura. O CAM Mais Mulher é um espaço destinado às pacientes que buscam novas possibilidades de tratamentos dentro da ginecologia regenerativa. Ao aliar estética e tecnologia de ponta, é possível alcançar qualidade de vida através de procedimentos minimamente invasivos.

A ginecologista Dra. Janaína Freitas é uma das responsáveis por garantir que os procedimentos feitos com lasers, por exemplo, sejam realizados aliados ao uso de anestésicos e em ambiente laboratorial. Dessa forma, é possível amenizar desconfortos de acordo com a sensibilidade da paciente e não interromper as suas atividades normais.

Já os procedimentos mais complexos, como cirurgias plásticas na região íntima, serão realizadas no Hospital Dia, garantindo às pacientes segurança e o serviço de excelência que é marca do Grupo CAM.

Ginecologia Regenerativa: Procedimentos oferecidos.

Considerada uma novidade na ginecologia, o conceito de ginecologia regenerativa vem ganhando cada vez mais espaço quando se fala de saúde sexual da mulher.

O ginecologista do Grupo CAM, Dr. Airton Ribeiro, explica que a ginecologia regenerativa consiste em cuidados com a vulva e a vagina que impactam diretamente na saúde sexual da mulher e, consequentemente, em sua qualidade de vida.

Nessa área de atuação, existem vários tratamentos disponíveis no espaço CAM Mais Mulher, que foi inaugurado em dezembro de 2019 no bairro do Itaigara, em Salvador, e conta com diversas alternativas dentro de um avançado centro de ginecologia e dermatologia clínica e estética.

De acordo com Dr. Airton Ribeiro, a ginecologia regenerativa inclui tratamentos como labioplastias, preenchimento de vulva, clareamento íntimo, tratamento da atrofia urogenital com laser, bioestímulo de colágeno, cirurgia de clitóris e tratamento de vaginismo.
 
Dermatologia clínica e estética.

Na área de dermatologia clínica e estética, um dos serviços oferecidos é o Laser Erbium, que consegue estimular a produção de colágeno e melhorar a microvascularização.

Dr. Airton Ribeiro, ginecologista do Grupo CAM, explica que o laser, por exemplo, pode ser usado em casos de atrofia genital. Aquelas pacientes que não podem ou não querem usar hormônios irão se beneficiar com esse método. Ele atua no estímulo ao colágeno e restabelece a lubrificação vaginal, tratando pacientes com queixa de ressecamento vaginal e desconforto nas relações sexuais

Outros tratamentos disponíveis no CAM Mais Mulher incluem o preenchimento vulvar, feito, geralmente, com ácido hialurônico ou bio estímulo de colágeno. Para casos de escurecimento da vulva e face interna das coxas, é realizado o peeling genital, que pode ser feito com ácidos, laser ou a combinação dos dois métodos.

Segundo Dr. Airton Ribeiro, casos de vaginismo, que é a contração involuntária da musculatura vaginal no ato sexual, também são tratados no local com o uso de toxina botulínica. Ele reitera que não se trata apenas do aspecto estético. Na verdade, a estética é importante, porque a mulher precisa se sentir bem com ela mesma. Mas, o principal benefício é para a saúde mental.
Editorial, 25.AGOSTO.2021 | Postado em Geral


  • 1
Exibindo 1 de 1