Câncer de próstata

O que é o câncer de próstata.

O câncer de próstata é um tumor que, geralmente, acomete homens maduros e pode ser curado quando ainda está na etapa inicial. Se identificado já em estágio avançado, o risco de sobrevida do paciente é menor. Portanto, o diagnóstico precoce é fundamental para o controle e cura da doença.

Apesar da alta incidência e da elevada mortalidade associada à doença, a detecção precoce aumenta as chances de cura e controle da patologia em até 90%. Quanto mais avançado é um tumor mais mutações ocorrem, conferindo maior agressividade. 

Daí a importância do rastreamento periódico para todo homem a partir dos 50 anos, já que a doença costuma ser silenciosa no estágio inicial.
Sintomas do câncer de próstata: Como identificar a doença?

Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são:

-  Dificuldade de urinar.
-  Demora em começar e terminar de urinar.
-  Sangue na urina.
- Diminuição do jato de urina.
-  Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Esses sinais e sintomas também ocorrem devido a doenças benignas da próstata. Por exemplo:
Hiperplasia benigna da próstata:

É o aumento benigno da próstata. Afeta mais da metade dos homens com idade superior a 50 anos e ocorre naturalmente com o avançar da idade.
Prostatite:

É uma inflamação na próstata, geralmente causada por bactérias.

Câncer de próstata: Exames preventivos.

Médicos recomendam que homens a partir dos 50 anos de idade façam o exame de próstata anualmente, entretanto, se tiverem fator de risco familiar, aos 45 anos. 
O diagnóstico completo é feito através do toque retal e exame de sangue com o objetivo de checar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). Porém, é importante lembrar que um exame não substitui o outro, pois ambos são necessários.

Tratamento do câncer de próstata. 

O tratamento padrão para o câncer de próstata é a prostatectomia radical, que consiste na retirada da próstata, das vesículas seminais e linfadenectomía ilíaco-obturadora bilateral.
A linfadenectomia estendida está indicada para pacientes considerados de risco intermediário e alto. 

Portanto, o diagnóstico precoce é fundamental no controle e cura da doença.
A prostatectomia radical tem por objetivo curar o paciente portador do câncer de próstata e além disso remover o câncer por completo. Ela pode ser feita por via perineal, retropúbica ou robô assistida.
Editorial, 26.AGOSTO.2021 | Postado em Geral


  • 1
Exibindo 1 de 1